BIOGRAFIA

Henry William Dalgliesh Cavill (Jersey, 5 de maio de 1983) é um ator britânico. Henry Cavill nasceu na ilha de Jersey, e é o quarto de cinco filhos de Colin Richard Cavill e de Marianne Dalgliesh.

O seu pai era corretor de bolsa, e a sua mãe era secretária num banco. Ele possui ascendência inglesa, irlandesa e escocesa. Foi educado na Escola Preparatória St. Michael em Jersey antes de frequentar a Stowe School, um internato,em Buckinghamshire. Enquanto estudava nesta escola, Henry conheceu o ator Russell Crowe (que se encontrava no local a filmar o filme Proof of Life) pela primeira vez. Os dois voltaram a encontrar-se doze anos mais tarde na rodagem do filme Man of Steel onde Russel interpreta o seu pai.

CARREIRA

O primeiro papel profissional de Henry surgiu quando o ator tinha 18 anos no filme de 2001, Laguna. No ano seguinte interpretou o papel de Albert Mondego na adaptação de Kevin Reynolds ao cinema de O Conde de Monte Cristo.

Nos anos seguintes, Henry participou em séries britânicas como The Inspector Lynley Mysteries (2002) e Midsomer Murders (2003), assim como papéis secundários em filmes de sucesso moderado como Hellworld (2005), Red Riding Hood (2006), Tristan & Isolde (2006) e Stardust (2007).

Em 2007, Henry conseguiu o papel de Charles Brandon, Duque de Suffolk, cunhado de Henrique VIII de Inglaterra e inimigo da Rainha Ana Bolena na série The Tudors, o seu maior sucesso até ali. A série foi transmitida pelo canal Showtime entre 2007 e 2010 e foi elogiada pela crítica, recebendo inclusive uma indicação na para os Globos de Ouro na categoria de Melhor Série Dramática no ano de estreia. O próprio Henry atribui muito do seu sucesso posterior à série e disse numa entrevista: “foi o trabalho que mais fez por mim até agora. (…) Agora existe um público algures nos Estados Unidos que tem uma ideia de quem eu sou e tenho mais valor no mercado graças a The Tudors”.

Cavill fez uma audição para o papel principal para o novo filme de Batman Begins, mas perdeu para Christian Bale. Em 2005, ele tornou-se um jovem concorrente para o papel de James Bond. Os produtores e o director tiveram de escolher entre Cavill, Daniel Craig e Sam Worthington. Aparentemente, o director favoreceu Henry Cavill com uma versão mais nova de James Bond. No entanto, os produtores acreditavam que Cavill era muito jovem para o papel, que depois passou para Daniel Craig.  Ele também fez uma audição para o papel de Superman para o novo filme de Superman Returns. Devido ao fato de não ter sido aprovado para estes papéis, na edição de Dezembro de 2005 do Empire Magazine, ele foi apelidado de “… o homem mais desafortunado em Hollywood”.

pesar de não ter conseguido os papéis mais destacados para os quais fez audições, Henry não parou de trabalhar no cinema. Em 2009 protagonizou o filme de terror Blood Creek do diretor Joel Schumacher e no ano seguinte teve um pequeno papel no filme de comédia Whatever Works de Woody Allen.

Após o cancelamento de The Tudors em 2010, o ator teve papéis de destaque no filme Immortals, onde interpretou a personagem de Teseu e The Cold Light of Day, que protagonizou com Bruce Willis.

No final de janeiro de 2011, a Warner Bros. Pictures anunciou que Henry tinha sido escolhido para interpretar o papel de Clark Kent/ Super-Homem no filme Man of Steel, dirigido por Zack Snyder. O diretor afirmou que Cavill era “a escolha perfeita para envergar a capa e o S” e a imprensa elogiou a decisão.  Henry afirmou: “No panteão dos super-heróis, o Super-Homem é a personagem mais reconhecida e celebrada de todos os tempos e sinto-me honrado por participar no seu regresso ao grande ecrã”. Henry voltou a interpretar o papel de Super-Homem nos filmes Batman v Superman: Dawn of Justice em 2016 e nos dois filmes da Liga da Justiça. Henry já expressou a sua vontade de interpretar James Bond quando Daniel Craig desistir do papel.  Em 2015, o ator protagonizou a adaptação ao cinema da série The Man from U.N.C.L.E. depois de Tom Cruise ter desistido do papel.